Rua José Versolato, 111 - Torre B - Sala 513 - São Bernardo do Campo-SP 11 5091-6780

DC-STIMULATOR

Gostou? compartilhe!

DC-STIMULATOR

Não informado


Aplicação

Preço Sob Consulta



Clique na imagem para ampliar.

O DC-STIMULATOR é um estimulador para eletroterapia craniana que fornece uma estimulação usando corrente direta fraca (estimulação transcraniana por corrente direta tDCS) dentro da neurofisiologia intervencionista não invasiva. A carga elétrica e a densidade de corrente aplicadas estão muito abaixo do limiar para liberar um estímulo e têm um efeito modular nos elementos neuronais existentes.Dependendo da duração, corrente usada, densidade e frequência da corrente, a estimulação é eficaz na inibição ou ativação da atividade cortical. Se outras terapias estabelecidas falharem, um efeito terapêutico de suporte do tDCS: é provável em depressão, ansiedade e fibromialgia, é possível durante a dor neuropática dos membros inferiores.

Especificação do DC-STIMULATOR

O DC-STIMULATOR é uma fonte de corrente constante controlada por microprocessador. Ele atende aos mais altos padrões de segurança graças ao monitoramento de vários estágios (baseado em hardware e software) do caminho atual. Ao monitorar continuamente a impedância do eletrodo, ele pode detectar contato insuficiente com a pele e terminar automaticamente a estimulação. Este é um método confiável para excluir qualquer lesão no paciente.

1 canal, estimulação unipolar (DC) faixa ajustável de corrente máx. 2.000 µA tempo de aplicação ajustável até 30 minutos estimulação anodal e catodal modo de estimulação: tDCS (estimulação contínua) tom de aviso indica problemas durante a estimulação

Opções de hardware e software:

O modo de estudo codifica a estimulação simulada e ativa usando um dos 200 códigos de 5 dígitos. Existem três configurações disponíveis para atender até mesmo condições de estudo complexas. Os parâmetros podem ser definidos individualmente. Enquanto o modo de estudo estiver ativado, apenas o gerente do estudo poderá alterar os parâmetros.

Trigger In

Quando o “Trigger” está ativado no módulo, a configuração de estimulação selecionada pode ser iniciada através de um impulso de tensão. Portanto, vários estimuladores podem ser operados simultaneamente ou uma estimulação pode ser acionada por um evento definido

Neuromodulação com tDCS?

A estimulação transcraniana por corrente contínua (tDCS) é um método de tratamento não invasivo e bem tolerado. Uma corrente elétrica direta fraca atua no cérebro através de dois eletrodos conectados à cabeça. Estudos mostram efeitos positivos em uma série de indicações.O tDCS é fácil de usar, indolor e seguro. Em combinação com outras terapias, a tDCS pode aumentar seus efeitos positivos. Dependendo da tensão, duração, polaridade e localização dos eletrodos, a corrente aplicada pode ter um efeito inibidor ou estimulante. O tDCS modifica o potencial da membrana em repouso e a transmissão de informações é promovida ou inibida. A excitabilidade neuronal e os níveis de atividade podem ser modulados dessa maneira.

Terapia complementar

Dependendo da indicação e do distúrbio, a combinação de terapia convencional com tDCS pode melhorar os resultados do tratamento. Em pacientes com AVC, o tDCS é recomendado além do treinamento motor, de fala e cognitivo. Na depressão, o tDCS pode ser usado em combinação com psicoterapia ou farmacoterapia. O tDCS é normalmente aplicado em clínicas especializadas, centros de reabilitação ambulatorial, por médicos e terapeutas. Se você estiver interessado em incorporar o tDCS em sua clínica ou clínica, entre em contato conosco para saber mais sobre soluções de tecnologia e treinamento.

TRATAMENTOS:

Depressão Transtornos Viciantes Dor Distúrbios motores Déficits cognitivos Disfagia Afasia Alucinações auditivas na esquizofrenia

Segurança e efeitos colateraisRiscos e efeitos colateraisO tDCS é considerado um método promissor para modular processos neuroplásticos.Estudos sobre segurança e efeitos colaterais dão uma recomendação clara:O tDCS é um método bem tolerado, com poucos efeitos colaterais. Pacientes individuais relatam fadiga leve, em casos mais raros, náusea ou dor de cabeça.

Contraindicações:

  • em conjunto com um desfibrilador
  • em conjunto com um marcapasso cardíaco
  • em conjunto com um estimulador cerebral
  • em pacientes com implantes (metais intracranianos, por exemplo, placas, parafusos, etc.)
  • para pacientes com crânio aberto
  • em pacientes após trepanação do crânio

Quem viu DC-STIMULATOR , viu também